http://www.ja-online.net

Peça : Mãos vazias

MAÕS VAZIAS
Esta peça foi feita em minha igreja e os irmãos gostarão muito. Além disso serve de reflexão.
NARRADOR: Vivemos nos últimos dias o prenúncio do fim. Dias de guerra, de fome, de pestes, de terremotos, maremotos e tantas outras tragédias de morte e doenças em todo o mundo.
Jesus profetizou que os sinais do tempo anunciariam Sua volta. A volta para buscar os que são seus, os remidos que lavaram suas vestes no sangue do cordeiro. Jesus virá num dia em que ninguém o espera.
Em Mateus, Jesus promete que: "Logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu porque os poderes dos céus serão abalados. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão Filho do homem, sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com grande clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro cantos, de uma à outra extremidade dos céus".
Imaginemos se de repente, tudo escurecesse (imediatamente todas as luzes devem ser apagadas) e ouvíssemos vozes dizendo: (as pessoas escaladas para o grito de pavor).
(Gritos de pavor) “Jesus está voltando!” (3 vezes)
(Fundo musical celestial - de repente, um foco de luz se acende na direção de Jesus, onde ele surge ao som de muitos aleluias e glórias).
Novos gritos em seguida: "aleluia, glória"
NARRADOR: Mas quantos de nós esperamos essa volta? Você está preparado para ela? O que você tem feito? Você está preparado para estar diante de Jesus? O que você tem em suas mãos para apresentar a Jesus? O que você diria a Jesus, se hoje você o ouvisse chamar dizendo:
(Jesus começa a chamar os remidos que deverão estar sentados entre os da congregação, aguardando Jesus chamá-los pelo nome. Após falarem, recebem a coroa e são conduzidos ao reino, pelo anjo).
JESUS: Márcia, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.
(Márcia entra)
MÁRCIA: Aqui estou Senhor, para minhas mãos mostrar. Mãos que foram lavadas da minha impureza, não somente as mãos, Jesus, mas todo o meu corpo foi lavado pelo Teu sangue. Corpo que eu usei e defraudei, quando não te conhecia.. Mas eu Te conheci ,encontrei em Ti liberdade, libertação!!! Hoje, trago em meu corpo, em minhas mãos, as marcas da seara que me deste a ceifar. Descobri que os dias em que tribulações passei seriam recompensadas neste dia de glória. Esperei por Ti, Jesus, e agora me sinto tão feliz em poder contemplar Tua face. Eis as minhas mãos, Senhor.
JESUS: Filha, como me alegrei em vê-la salva! Pois não apenas seu corpo, mas também sua alma foram libertos! Você ouviu aquilo que eu digo a todos: Se a minha palavra vos libertar, verdadeiramente sereis livre. E você, Márcia, saiu do mundo do pecado para o reino do meu amor, porque creu na minha palavra. Depois vi que o seu trabalho foi árduo e sei que lutas surgiram. Mas você foi fiel!! Por isso filha amada, entre em meu Reino, teu lugar já está preparado.
(Márcia entra no reino / música ao fundo – instrumental -
JESUS Pedro, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.
(Pedro entra)
Pedro: Oh, Senhor! Sempre esperei por este dia de glória, jamais desisti de Ti, por tudo que sofri, esta é a maior recompensa. Fui abandonado e traído por Te seguir, perdi minha mãe, namorada, amigos e familiares, estive doente Senhor, e muitos viraram as costas para mim, porque eu declarava publicamente o meu amor por Ti, fui perseguido Jesus, fui desprezado. Trago em minhas mãos a marca do sofrimento, mas também a marca da promessa de vida eterna que o Senhor me fez. Eis-me aqui Senhor, veja as minhas mãos!
JESUS: Filho, seu sofrimento não foi em vão. Pois mesmo perseguido você não desistiu de pregar as boas novas, mesmo desprezado você não esqueceu do seu chamado, até mesmo na doença, você levou muitos a conhecerem a salvação. E como eu prometi Pedro, aqui não haverá mais dor, eu limparei teus olhos de toda a lágrima. Filho meu tão amado, eu também marquei as minhas mãos em nome do amor. Entre em meu reino e receba o seu galardão.
(Pedro entra no reino / música ao fundo – instrumental .
JESUS: Sara, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.
(Sara entra)
SARA: Quanta alegria eu sinto em ver o teu rosto, Senhor! Apresento-Te minhas mãos, hoje restauradas pelo teu poder. Andei errante, conheci o teu nome, mas me afastei. Andei por desertos, por caminhos tortuosos. Quantas vezes eu fugi de ti. Mas o Senhor, com o Seu profundo amor me acolheu. Mesmo estando distante dos teus caminhos, o Senhor não desistiu de mim. Sou grata a Ti Jesus pelo teu grande amor por mim, por me levantar para lutar no teu exército, e eu por amor a Ti fui até os confins do mundo, buscar aqueles que são teus. Eis minhas mãos.
Jesus – Sara, as minhas ovelhas ouvem a minha voz. Eu sou o bom pastor, o bom pastor que deu a vida por suas ovelhas. Você esteve distante como uma filha pródiga, é verdade. Mas se arrependeu a tempo, voltou para os meus caminhos, buscou cumprir a vontade do Pai, por amor e obediência. Você, Sara, foi levantada do vale dos ossos secos, e como guerreira do Meu exército você batalhou, viu que os campos estavam brancos e foi em busca dos perdidos. Por isso, filha amada, entre no meu reino.
(Sara entra no reino / música ao fundo – instrumental .
JESUS: Daniela, apresente-se a mim, mostre-me suas mãos.
(Daniela entra)
DANIELA: Senhor, me perdoe por ter passado minha vida tão confusa. Muitas vezes questionava suas obras, e ficava triste com o Senhor, porque não acontecia o que eu queria. Porque em Sua infinita misericórdia o Senhor me conduzia à vitória mesmo sem eu merecer. Perdoe-me, Jesus.Mas mesmo errando, Te buscava, reconhecia que sem Ti eu era pobre, cega e nua, carente do Teu amor, precisava confiar meus caminhos a Ti. Senhor, eis as minhas mãos.
JESUS: Filha, você sempre teve dificuldades em perceber as bênçãos que eu derramei em sua vida, porque a ansiedade e a dúvida a impediam de vê-las. E muitas vezes não recebia a bênção por não descansar em mim. Mas Eu vi seu sofrimento, e com ele o arrependimento quando recorria a Minha palavra, e deixava que Eu falasse com você mostrando o quanto estava errada. Eu via em você o desejo de me agradar como seu Pai e Senhor. E mesmo tropeçando, você jamais saiu dos meus caminhos. Por isso entre em meu Reino, tem um lugar preparado para você.
(Daniela entra no reino / música ao fundo – instrumental.
JESUS: Vinde benditos de meu Pai, entrai no Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.
(Neste momento começa a tocar a música Agnus Dei, quando Jesus se prepara para entrar, então entra Maria correndo pelo meio da igreja desesperada)
MARIA: Jesus, Jesus, Jesus..... sou eu Maria, o Senhor não vai me chamar???
JESUS: Maria o que você tem a me apresentar?
MARIA: (Hesitante).... Eu.....eu......eu...... Jesus, nada tenho a apresentar (fala com medo e desespero)
JESUS Maria o há nas suas mãos. O que você esconde?
MARIA: Jesus, Jesus, eu não escondo.... na verdade, eu nada tenho a apresentar, voltaste tão depressa que eu não pude me preparar.
JESUS: (com voz triste responde) Maria... (Jesus é interrompido por Maria)
MARIA: Perdão Senhor! (em desespero) Perdão,Senhor , passei todo o tempo do mundo achando que o Senhor não voltaria. Ouvi falar do Teu nome, e aceitei a mensagem, freqüentei a igreja, cantava nos cultos. Sabe, Jesus, eu fiz caridade ajudava aos pobres. Só que eu estava sempre tão preocupada comigo mesma, com meus interesses, meu trabalho, minha carreira, minha vida amorosa. Jesus, eu não pensei que o Senhor voltaria tão depressa. Jesus eu não acreditei na tua promessa . Fui traída e enganada pelas coisas do mundo. Me deixei seduzir pelo mundo e louca fiquei, atrás de prazer e diversão. Tornei-me indiferente à Tua palavra . E mesmo com fama, sucesso profissional, e os amores que tive, não consegui ser feliz. Sentia remorsos pelas coisas que fazia , mas nunca mudava de caminho.. Achei que daria tempo de reconstruir minha vida, mas Jesus, o Senhor voltou e eu, eu preciso me salvar... Eu preciso...
(Maria é interrompida)
JESUS: Maria,Maria Quantas vezes te livrei da morte, quantas vezes te mostrei o caminho certo e tu não quiseste seguir?Maria, quantas vezes zombavas daqueles que pregava da minha volta ,Quantas vezes enganava-se a si mesma dizendo que eu não voltaria. Maria, EU VOLTEI ! Maria, quantas vezes sua atitude entristeceu meu coração? Quantas vezes me aproximei de você, ao vê-la ferida, machucada e Meu Espírito lhe falou suavemente... Você trocou a minha doce presença em sua vida, pelos prazeres, pela ambição, pelo sucesso, como tantos outros fazem. Esquecendo que a minha bênção é que verdadeiramente enriquece... Nada mais posso fazer, você escolheu enganar-se achando que eu não voltaria. Quantos aqui iguais a você me negam mesmo dentro da igreja Eu voltei, voltei para buscar aqueles que são meus. E você Maria, você...você não está entre eles, por isso afasta-te de mim, você teve todo tempo do mundo e não aproveitou. AFASTA-TE DE MIM !
(Jesus se retira / ao fundo Agnus Dei)
(Jesus volta para o céu)
MARIA; (com muito desespero, chorando implora) Jesus, Jesus, eu não quero morrer, eu não quero padecer na escuridão. (imediatamente, todos os focos de luzes se apagam, Maria permanece chorando, no chão)
MARIA: Por favor Jesus, me salve, eu não quero morrer. Jesus, Jesus me salve.
(Maria se levanta e tenta entrar no reino, mas os anjos a impedem, então se vira, olha para o público e fala de forma desesperada)
MARIA: Onde estão aqueles a quem dei meu tempo e atenção? Onde estão os meus pais, meus amigos, vocês não falavam que eu podia sempre contar com vocês? Onde estão agora? Me disseram que eu precisava aceitar Jesus? Onde estão aqueles que me induziram ao erro? Na verdade não foi Ele quem me deixou, eu escolhi ficar. Agora Ele voltou e não me levou. Ele me amou e eu, eu o rejeitei, Ele me chamou e eu dei as costas para Ele. Eu o crucifiquei, eu o crucifiquei...(fala quase gritando) Eu estou nas trevas... (se ajoelha ao centro, chorando)
(VOZ OCULTA ) música ao fundo – tenebrosa
VOZ OCULTA: Hora do acerto de contas!!!

MARIA: (desesperada, andando pra trás) Não, você, não...
VOZ OCULTA: (interrompe dando uma risada) MARIAAAAA, não me reconhece não é, não lembra de mim? Não sou um estranho pra você sempre estive ao seu derredor, te ajudando na hora fazer suas escolhas. Não era assim toda vez que você tinha que escolher entre ir à igreja ou ir a uma noitada com os amigos que eu providenciei para que não lhe faltassem?... MARIA: (gritando desesperada) É mentira!! É mentiraaaa!!! Você é um mentiroso!!!
Mentiroooso!!!! Sou mesmo, sou o pai da mentira e você, Maria, se deleitou em mim com uma vida de mentiras, de farsa, HIPÓCRITA, me serviu muito bem, me engrandeceu perante o Filho do homem. Você foi ótima! Principalmente quando mentia pra Deus, Senhor, eu te amo! MENTIRAAA, você ama aquilo que te ofereço, os prazeres que eu te dou, você ama a mim!!!
Como era difícil ir à igreja, hein!
Foi você quem me escolheu Tomei conta da sua vida Sara, agora vou tomar conta da sua morte.... (dá uma risada)
MARIA: (Gritando, desesperado) As minhas mãos...... As minhas mãos estão vazias........ Não Senhor, eu não quero morrer. Jesus, Jesus, Jesus...... Não....... Não..... Não (gritando) eu não quero morrer eu não quero padecer na escuridão..... Jesus salve-me......... Jesus....... Salve-me......
NARRADOR: Disse Jesus em apocalipse: “O tempo está próximo, continue o injusto a praticar injustiça, continue o imundo na imundícia; continue o justo a praticar justiça; e continue o santo a santificar-se. Eis que venho em breve! A minha recompensa está comigo, e eu retribuirei a um de acordo com o que fez. Eu sou o alfa e o ômega, o primeiro e último, o princípio e o fim. Felizes os que lavam as suas vestes, e assim têm direito à árvore da vida e podem entrar na cidade pelas portas.”
(Música Vencendo vem jesus)
(Depois da musica, as luzes do céu se acendem e Jesus volta à cena)
JESUS: Venho sem demora conserva o que tens para que ninguém tome a tua coroa.



Colaborador: Vanete Maria Palmeira Conceicão
Para enviar colaboração clique aqui